terça-feira, 23 de maio de 2017

Pesquisadores do GPLV apresentam comunicações na UFMS de Corumbá

           Na Semana de Letras do Câmpus do Pantanal da UFMS, em Corumbá, que acontecerá de 5 a 9 de junho, pesquisadores ligados ao GPLV participam de duas mesas coordenadas; em uma delas haverá comunicação sobre a obra do poeta Manoel de Barros; nas duas mesas, teremos comunicações sobre Alciene Ribeiro e sobre Luiz Vilela. As mesas serão simultâneas e acontecerão a partir das 20h40 do dia 8 de junho.
Veja, abaixo, a programação das duas mesas, e, no final, o link para a programação completa do evento.

     A Arte do Conto, da Novela, do Romance e da Poesia

Coordenador: Lucas Rodrigues Neves (Mestrando PPG-Letras CPTL/UFMS)
[lucas_neves_1988@hotmail.com; 67-9.9989-6249]

a.      Regmar Fátima Yovio de Souza: A nomeação das personagens em dois contos de Alciene Ribeiro
b.      Cibele Fátima do Prado: A arte da novela em Filho de Pinguço, de Alciene Ribeiro
c.       Sindy Ellen de Luca Araújo: Aspectos do romance de formação na obra de Alciene Ribeiro
d.      Heloísa Fernandes de Carvalho: A construção da protagonista no conto “Mais-que-perfeita”, de Alciene Ribeiro
e.       Jéssica da Silva e Mariana da Silva Santos: O espaço urbano de Corumbá recriado na poesia de Manoel de Barros
f.        Lucas Rodrigues Neves: A nomeação das personagens no conto “Espetáculo de fé”, de Luiz Vilela


  A Literatura, o Ensino e a História

Coordenadora: Luciene Lemos de Campos (Mestre em Estudos Fronteiriços/CPAN)
[lucienelemos10@yahoo.com.br; 67-9.9226-3669]

a.      Queli Cristina Ribeiro: Contos de Luiz Vilela em sala de aula – uma lagartixa nas asas de uma andorinha
b.      Letícia Alvarez Mendes: Características de uma narrativa de formação feminina em O mágico de olho verde, de Alciene Ribeiro
c.       Giselly Dias Mariano: Educadoras: pioneiras da Escola Nova
d.      Nathalia Soares Fontes: A literatura como prática emancipatória
e.       Fabiano Quadros Rückert: Representações da pobreza na literatura brasileira: um campo de estudos
f.        Luciene Lemos de Campos: A Literatura no Ensino Fundamental


sexta-feira, 19 de maio de 2017

GPLV faz sua reunião de maio no dia 25

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE REUNIÃO DO GPLV

Ficam convocados os integrantes do Grupo de Pesquisa Literatura e Vida, GPLV, e convidados os demais interessados, para reunião do GPLV no dia 25 de maio, quinta-feira, no Câmpus 1 da UFMS de Três Lagoas, das 17h15 às 18h45, para discutirem e deliberarem sobre a seguinte pauta: 

1. Informes;

2. Organização do Seminário do GPLV "Simpósio Escrita feminina", a ser realizado no Câmpus do Pantanal da UFMS nos dias 05, 06 e 07 de outubro de 2017;  

3. Organização do 9º Seminário do GPLV, a ser realizado no Câmpus 1 da UFMS de Três Lagoas nos dias 25, 26 e 27 de outubro de 2017;

4. Compartilhamento das atividades realizadas pelos integrantes do GPLV no 


IX Colóquio Mulheres em Letras: Cartografias do Corpo
FALE, UFMG, Belo Horizonte, 31 de maio, 01 e 02 de junho de 2017.

 
OBS: Haverá reunião de orientação para pesquisas em andamento no sábado, das 8h às 12h, no Câmpus 1 da UFMS de Três Lagoas.

Três Lagoas, 18 de maio de 2017.
Rauer Ribeiro Rodrigues/Líder do GPLV
Eunice Prudenciano de Souza/Co-Líder do GPLV

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Integrante do GPLV publica artigo na Revista Itinerários

A doutoranda em Letras da UFMS/CPTL e participante do Grupo de Estudos Literatura e Vida Pauliane Amaral publicou artigo intitulado “A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE DO AUTOR EM J. M. COETZEE E ENRIQUE VILA-MATAS” na Revista Itinerários, n. 42, vinculada ao Programa de Pós-graduação em Estudos Literários da Unesp/Araraquara (Qualis 2015: B2).

Em seu artigo a pós-graduanda faz um estudo comparado, tratando das diferenças na formação da identidade da figura do autor a partir da análise dos romances Verão (2009), de J. M. Coetzee e Doutor Pasavento (2005), de Enrique Vila-Matas. Com estratégias distintas, esses dois escritores abordam a impossibilidade de se atribuir uma única identidade ao autor, mostrando que todo o processo de formação identirária é uma construção e que a literatura contemporânea soube incorporar a discussão sobre o que forma a figura de um escritor tanto em sua forma quanto em seu conteúdo.

J. M. Coetzee e Enrique Vila-Matas.


Abaixo o resumo do trabalho:

Esse trabalho expõe as estratégias da construção da identidade autoral a partir da análise das narrativas de dois romances contemporâneos que brincam com os limites da ficção autobiográfica: Verão (2009), de J. M. Coetzee e Doutor Pasavento (2005), de Enrique Vila-Matas. Enquanto a narrativa do primeiro romance se volta para a construção póstuma da identidade do autor através da coleta de depoimentos e consulta a cadernos de anotações deixados pelo fictício escritor, a narrativa de Vila-Matas agrega uma estrutura ensaística a elementos temáticos recorrentes na obra do escritor espanhol (como a autorreferência, a citação de outros textos literários, o tema do desaparecimento do escritor e a cessação da escrita – apelidada de Síndrome de Bartleby). Nossa leitura indica que esses dois romances ilustram a impossibilidade de encerrar uma identidade única de autor e que uma saída encontrada pela literatura contemporânea é incorporar em sua estrutura narrativa elementos que compõem essa aporia. 

PALAVRAS-CHAVE: Depoimento. Ensaio. Ficção autobiográfica.


Clique aqui para acessar o artigo completo.

terça-feira, 25 de abril de 2017

CONVOCAÇÃO PARA REUNIÃO DO GPLV

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE REUNIÃO DO GPLV

CONVOCAÇÃO

Ficam convocados os integrantes do Grupo de Pesquisa Literatura e Vida e convidados os demais interessados para reunião do GPLV no dia 27 de abril, quinta-feira, na Sala de Reuniões do PPG-Letras, no Câmpus 1 da UFMS de Três Lagoas, das 17h​15​ às 19h​45​, para discutirem e deliberarem sobre a seguinte pauta: 
  
  1. Avaliação do 8º Seminário do GPLV e do 50 anos de Tremor   
      de Terra, eventos​ realizado​s​ em Ituiutaba, Minas Gerais,
      nos dias 18, 19 e 20 de abril de 2017; 

      2. Planejamento estratégico do GPLV para 2017-2018;

3.  De​bate: o conceito de amor e o conceito de amizade em O
     diálogo da compaixão na obra de Luiz Vilela (Uberlândia,
     MG: Rauer Livros, 2000), de Wania de Sousa Majadas.
​  
Três Lagoas, 24 de abril de 2017.
Rauer Ribeiro Rodrigues /​ Líder do GPLV
Eunice Prudenciano de Souza / Co-​Líder do GPLV


Rauer.

Doutor em Estudos Literários pela UNESP de Araraquara, com pós-doutorado na UERJ; Professor de Literatura Brasileira na UFMS, no Câmpus do Pantanal, em Corumbá,  e no PPG-Letras Mestrado e Doutorado da UFMS de Três Lagoas; líder do GPLV.

---

sábado, 22 de abril de 2017

Notícia do 8º Seminário do GPLV / 50 Anos de Tremor de Terra

    Realizados de 18 a 20 de abril em Ituiutaba, MG, os eventos foram vibrantes e muito produtivos.

     Confira fotos e detalhes aqui, aqui e aqui.